Trabalhar pra que?

Essa semana tive uma conversa bastante interessante com uma pessoa que hoje é estagiária de uma empresa. Ela me disse que está muito próximo de se formar e que teve um desempenho elogiado por muitas pessoas na empresa. Por isso, ela tinha algumas propostas informais de trabalho, nada certo, mas estava em dúvida sobre qual deveria focar.

Primeiro quero dizer que sinto-me honrado em poder ajudar alguém nessa situação. Pra mim é uma alegria muito grande receber essa confiança e me sinto na obrigação de retribuir com alguma coisa útil – o que nem sempre significa uma resposta fácil. Desta vez não foi diferente. Respondi: “pra que você vai trabalhar?”.

Talvez minha pergunta tenha causado em você a mesma reação que recebi: “como assim? Porque tem que trabalhar, oras!”. Alguns minutos depois de divagar sobre outros assuntos, uma nova resposta: “sabe que eu nunca tinha pensado nisso?”. Muitas vezes tomamos o trabalho como parte natural do ciclo de vida. Acredito que a maioria de nós segue esse ciclo sem muito questionamento. A gente nasce, brinca um pouco e cada vez menos, estuda, trabalha e depois se aposenta para aproveitar o que acumulou na vida antes de morrer. Será mesmo que precisa ser assim? Acredito que não.

Ao questionar o motivo pelo qual você vai trabalhar, o que quero saber é como você encara trabalho. Para muitos de nós é um mal necessário. Uma forma de ganhar a vida e sustentar a família. Buscamos nos realizar na pelada do final de semana, contamos os méritos dos nossos times de futebol como se fossem nossos, e os orgulhos que esperamos da vida virão dos filhos. O resultado disso? Colocamos uma pressão enorme nas nossas crianças, provocamos verdadeiras guerras civis entre torcidas organizadas e comprometemos nossos relacionamentos pessoais. Deve haver um outro jeito de ganhar a vida…

Círculo Dourado de Simon Sinek

O que precisamos é encontrar nosso propósito na vida. E uma boa ferramenta para ajudar a encontrar esse propósito é o Círculo Dourado do Simon Sinek. De acordo com seu autor, o que normalmente fazemos é achar um motivo pelo qual fazemos alguma coisa DEPOIS de já estar fazendo. Nos deixamos levar por influências as vezes desconhecidas (e outras tantas vezes voluntariamente ignoradas). Influência dos pais, curso mais fácil de passar no vestibular, entendimento de que o que você realmente gostaria de fazer não vai dar retorno financeiro, etc. Isso nos leva para carreiras vazias e sem entusiasmo nas quais operamos em modo automático. Mais do que isso, passamos a buscar em todo lugar por um propósito que nos sirva. Na nossa angústia, aceitamos qualquer propósito que nos seja oferecido, vendemos nossa força de trabalho e acabamos por reproduzir a máxima “se você não trabalhar para realizar seus sonhos, alguém vai te pagar para realizar os dele”.

Para construir carreiras realmente interessantes e que nos levem à realização pessoal, precisamos usar o Círculo Dourado de dentro pra fora. Entender ANTES o porque queremos trabalhar, e só então descobrir o que é necessário fazer para realizar esse propósito. Dessa forma, independente de onde nós estivermos, ou para quem escolhermos realizar esse propósito, estaremos sempre cientes da direção que escolhemos seguir e o que estamos buscando.

Portanto, seja você estagiário, empresária, estudante ou funcionária, mais importante que saber qual é o próximo passo a dar na sua carreira, questione se é nessa direção que você quer seguir e porque a escolheu. Caso contrário, você estará apenas mudando o seu problema de mesa.

___

PS: Essa é apenas uma das muitas atividades que trabalhamos no workshop Business Model Você para ajudar pessoas a descobrir seu propósito. O workshop trabalha também aspectos que vão te ajudar a pensar em como transformar esse propósito em realidade. Conheça mais no site www.businessmodelvoce.com.br.

Anúncios

E você? O que pensa a respeito?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: