E isso é um problema para quem?

nicho de mercadoEm 7 de Junho, no primeiro post da renovação do blog, exaltei o poder de uma simples pergunta: “que problema você está resolvendo?
”. Ao final deste post, mencionei que havia uma segunda pergunta que deve ser associada para garantir o entendimento completo de qualquer proposta.

No primeiro passo, a resposta ajuda o empreendedor ou qualquer pessoa que venha a propor algo novo a refletir melhor sobre a utilidade daquilo que está tirando seu sono. É fundamental dar um passo atrás e tentar perceber a situação completa. Ao se perguntar qual é o problema, nós refletimos mais profundamente sobre o que está causando aquilo e se realmente estamos atuando em solução completa e definitiva.

No entanto, é importante complementar essa reflexão com a ideia de amplitude. A solução pode mesmo ser fantástica! Mas quantas pessoas se dão conta que o problema existe? E quem são essas pessoas? Por isso é sempre importante complementar o raciocínio com a segunda pergunta: “isso é um problema para quem?”.

Refletir sobre o perfil e quantidade de pessoas que compartilham desse problema com você vai permitir uma clareza maior do potencial da sua ideia. Mesmo em uma empresa, onde as vezes sofremos muito com ineficiencias de sistemas, burocracias e processos mal desenhados, muitas pessoas convivem diariamente e não percebem um problema. E aí a sua solução não decola. Quantas vezes me frustrei por acreditar que minha ideia era boa e fui descobrir depois de horas investidas em seu desenvolvimento que apenas eu enxergava o problema.

Para responder a essa segunda pergunta, considere características mais tradicionais como idade, sexo, estado civil, se tem filhos e quantos. Mas lembre-se também de ponderar sobre aspectos comportamentais como afinidade com tecnologia, se a sua ideia é aplicável apenas para pessoas introspectivas, ou que vão ao cinema 3 ou mais vezes por semana. Ao final, você terá identificado o que os marketeiros chamam de “nicho” ou “estrato” de mercado, e poderá promover estudos mais aprofundados sobre o potencial da sua ideia e como capturar esse potencial.

Ao associar essas duas perguntas você estará no caminho para construir uma proposta mais madura e completa, o que pode ser fundamental para conquistar aliados para sua causa. Pergunte-se sempre:

  1. Que problema essa ideia está resolvendo?
  2. Isso é um problema para quem?

 

Anúncios

E você? O que pensa a respeito?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: